• Kathiucia do Amaral

Como escolher a melhor funerária?



Saber escolher a melhor funerária é fundamental para a família que deseja tranquilidade e agilidade na prestação do serviço. Em um momento tão difícil ter pessoas preparadas para atender com sabedoria e experiência é fundamental.


É importante destacar que não existe uma regra fixa para escolher a melhor funerária. O que existem são sugestões gerais que podem ser adaptadas para a realidade da família.


Dicas para saber identificar uma funerária com excelência


A escolha no primeiro contato é de extrema importância, além do visual físico, abordagem pessoal e atendimento telefônico que são fundamentais:


  • Abordagem: não aceite abordagem em hospitais ou IML (papa defuntos);

  • Atendimento: observe se o atendente possui conhecimento de causa (cemitérios, hospitais e IML) e sabe informar com clareza todo o processo;

  • Veículo: credenciado, limpo e conservado;

  • Telefone: atendimento com calma, clareza e objetiva;

  • Instalações: limpas, conservadas, organizadas;

  • Clínica de preparação: de preferência escolha as que possuem clínica própria, tendo em vista a qualidade do serviço e a redução dos custos;

  • Floricultura própria: as que possuem, oferecem produtos de qualidade com preços mais acessíveis;

  • Pessoal: uniformizado e identificado;

  • Localidade: próximo a hospitais, aeroporto e cemitério;

  • Cremação: a funerária conhece todo o procedimento a fim de orientar sobre o serviço de cremação? É importante estar atento.

Fuja das abordagens em hospitais ou IML, são ilegais, e poderá estar participando de um crime, de preferências às funerárias que possuem anúncios on-line e estão disponíveis a agendar uma visita para atendimento domiciliar sem compromisso.


Qualidades como as listadas abaixo deverão ser observadas antes, durante e após a execução do serviço funerário:


  • Flores: devem ser novas e frescas, recém-colhidas, qualidades como estas são obtidas ao fato que a funerária possui floricultura própria; Urna: a urna deverá estar sem arranhões de transporte, ser resistente, com alças conservadas e com armazenamento correto;

  • Coroa: as coroas produzidas pela própria funerária são de qualidade, tendo em vista toda a logística empregada para atender apenas esse nicho de mercado;

  • Remoção: o carro deverá ser credenciado, adaptado e estar em perfeito estado, ter menos que sete anos de uso;

  • Somatoconservação (formol, embalsamamento ou tânatos): a conservação do corpo é um estágio de extrema importância na contratação de uma funerária, a funerária que possui clinica própria é capacitada para atender por completo sem a necessidade de terceirização do serviço, a clinica bem localizada é fator determinante na contratação, tendo em vista que a saída para o cemitério é feita da clínica de preparação para o mesmo.


Organizar-se e fazer a melhor contratação é saber que o melhor que pode ser feito para aqueles que tanto amamos está sendo feito.

Copyright 2019 © Funerária Bom Senhor.

Desenvolvido por Bonita Comunicação Digital.